quinta-feira, 29 de agosto de 2013

"A finalidade da linguagem é desencadear uma acção"

0 comentários
 

"No início, falar era uma acção difícil; é lógico presumir, portanto, que apenas se utilizasse a fala quando estritamente necessário. Ainda nos nossos dias o camponês, comparado ao habitante das cidades, pode considerar-se um ser taciturno, enquanto que o citadino, tão habituado está a falar, que continuará a fazê-lo mesmo sem nada para dizer, por mera tagarelice e por pura ociosidade. A finalidade primeira da linguagem é desencadear uma acção, em conformidade com uma intenção e com o tempo, o lugar e os meios disponíveis. Que a frase tenha, então, uma estrutura clara e sem ambiguidades, é algo de necessidade primordial. A dificuldade de alguém se fazer compreender e impor a sua vontade a outrém está na origem de muitas técnicas gramaticais e sintácticas, técnicas que fornecem o modo adequado de mandar, perguntar, responder e, finalmente, técnicas de formação das palavras gerias; e todo este conjunto não se baseou nas intenções ou desígnios teóricos, mas pragmáticos. O papel desempenhado pelo pensamento teórico, nos primórdios da linguagem, durante a formação da linguagem brotava das necessidades práticas, como derivante do «pensamento manual»."

Oswald Spengler
in "O Homem e a Técnica", Guimarães & C.ª Editores.

Sem comentários:

Enviar um comentário

 
© 2013. Design by Main-Blogger - Blogger Template and Blogging Stuff