terça-feira, 3 de dezembro de 2013

"Os pobres foram rebeldes, mas nunca foram anarquistas"

0 comentários
 

"— As simples massas! — repetiu o seu novo amigo com um rosnido de desprezo. — Você fala das massas e das classes trabalhadoras como se fossem elas o problema. Deixou-se apanhar por essa eterna ideia imbecil de que a anarquia, se vier a instaurar-se, será instaurada pelos pobres. Porque seria assim? Os pobres foram rebeldes, mas nunca foram anarquistas; têm mais interesse do que quaisquer outros na existência de um governo decente. Um homem pobre está realmente apostado no seu país. O rico, não: pode meter-se num iate e partir para a Nova Guiné. Os pobres recusaram-se por vezes a deixar que os governassem mal; os ricos recusaram-se sempre a ser governados. Os aristocratas foram sempre anarquistas, como pode ver se pensar nas guerras dos barões."

G.K. Chesterton
in "O Homem Que Era Quinta-Feira — Um Pesadelo", Relógio D'Água Editores.

Sem comentários:

Enviar um comentário

 
© 2013. Design by Main-Blogger - Blogger Template and Blogging Stuff