segunda-feira, 18 de julho de 2011

Orientações

0 comentários
 

"Cada um de nós vale na medida em que cria, em que constrói a realização dos valores mais altos; vale na medida em que se dá aos outros, ao que o ultrapassa; vale na medida em que se integra nas realidades que exprimem a unidade e a actuam. As famílias são colaborantes na Nação, como as Nações na Europa, como a Europa com outros continentes no Mundo. E, quer sejam indivíduos quer sociedades, requerem-se personalidades de excepção, o que não significa acção contra os demais ou alheada deles, mas sim a favor dos demais e potencializando-os, conduzindo-os, ajudando-os a realizar-se. A renúncia, a solidariedade, a heroicidade, o aperfeiçoamento constante são virtudes fundamentais. A Justiça Social ordena um gradualismo, uma sobrestimação do espírito, uma satisfação às necessidades materiais e espirituais do homem concreto, uma extensão destes bens a toda a comunidade, a toda a gente, uma obediência à unidade. Não se pode desprezar o contributo do passado, o legado da História, o imperativo dos mortos, nem furtarmo-nos às seduções do futuro, à ordem de constante renovação, actualização, empreendimento criador."

Goulart Nogueira

Sem comentários:

Enviar um comentário

 
© 2013. Design by Main-Blogger - Blogger Template and Blogging Stuff