segunda-feira, 28 de março de 2011

Manhã d'armas

0 comentários
 

Rodrigo Emílio de Alarcão Ribeiro de Mello
(18 de Fevereiro 1944 ― 28 de Março de 2004)


Ombros em onda. Ondas pardas.
Ronda de fardas e fardas.
Corpo de guerra, em renovo!
Fulgurações marciais
De espingardas.
Sobre Terra, vibram cardas:
― impressões digitais
de todo um Povo!

Ó armas e barões assinalados,
Em resplendor recortados
Sob um céu azul castor!
― Surtos de todos os lados,
no horizonte avassalador,
Soldados ao Sol dados.
Soldados, Senhor!
Rodrigo Emílio
in "Mote para Motim", 1971.

Sem comentários:

Enviar um comentário

 
© 2013. Design by Main-Blogger - Blogger Template and Blogging Stuff